Tati Aponte

Tati Recomenda: Minhas dicas de Janeiro

Estou de volta à ativa depois de curtir um mês de janeiro muito agradável, é verdade!

Gosto de inícios, sejam eles de emprego, amizade, namoros, anos.

Pra mim, as oportunidades são renovadas e me sinto preparada para tudo novo que vem por aí.

Sem contar que é um mês de verão: sol, praia, piscina e muita alegria no rosto!

Ok, aqui em São Paulo o tempo não está esta maravilha toda….mas, tá bom mesmo assim!

E em fevereiro, tem Carnaval!

Logo depois, em fevereiro, tem Carnaval! Não sei vocês, mas eu AMO o Carnaval!

Das festas pagãs, a minha favorita.

Pré Carnaval casa 92

Porque é assim, né? Somos um país mega católico, mas nos esbaldamos mesmo em uma festividade que não possui relação alguma com o cristianismo.

Eu sei, muitas pessoas pensam que a festa tem um vínculo religioso, justamente por anteceder com o inicio da Quaresma, mas tem nada a ver, não.

Carnaval é a festa da carne, da alegria, do amor, da bebida, da fantasia e da purpurina!

E as dicas?

Óbvio que continuo com meus passeios culturais por aí, e venho sempre aqui dividi-los com vocês!

Janeiro começou com tanta reestreia boa, gente! Também tivemos lindos filmes sendo lançados, aberturas de novos espaços, exposições…aff…

Mas vamos lá!

Cinema: Meu escolhido foi “Pela Janela”

Tivemos o lançamento de 5 títulos brasileiros em janeiro e uma animação maravilhosa que foi dirigida por um brasileiro, que é o filme O Touro Ferdinando.

Eu não contabilizei nos lançamentos, porque ele não é considerado produção brasileira. Falei do filme aqui!

Ainda que tenha sido dirigido pelo Carlos Saldanha, o filme foi todo produzido pelos estúdios da Blue Sky. Assim como foi com “A Era do Gelo” e suas continuações e “Rio” e “Rio2”.

Sobre “Pela Janela”

Caroline Leona – Foto de Divulgação

O filme é o primeiro longa da Caroline Leone, que já se mostrou bem madura para encarar um filme com esta envergadura.

Ela tem um currículo com dois curtas-metragens premiados (Dalva e o segundo, Joyce) e participou de vários festivais mundo a fora.

O filme conta a história de Rosália, uma operária de 65 anos que dedicou a vida ao trabalho em um fábrica de reatores da periferia de São Paulo.

Demitida, e, deprimida, é consolada pelo irmão José, que resolve levá-la a Buenos Aires em uma viagem de carro.

Na viagem, Rosália vê pela primeira vez um mundo desconhecido e distante de sua vida cotidiana, iniciando uma jornada de libertação e transformação interior.

Magali Biff – Rosália Foto de Divulgação

Pra quem ainda duvida de que exista um mundo enorme fora da nossa rotina tão tacanha, que não tem nada novo pra ser visto ou conhecido, este filme é uma lição de vida.

Sem mencionar o trabalho magnífico da atriz Magali Biff (minha eterna Ernestina de Chiquititas, a primeira versão).

Quis chorar com a atuação dela, MARAVILHOSA!

Por favor, veja este filme! Ele merece ser assistido!

Ps

AHHHH!!! Dentre os lançamentos, tivemos um documentário chamado “Como Você me Vê?” de Felipe Bond.

Este documentário é OBRIGATÓRIO pra quem estudar artes, ok? Sejam elas quais forem, mas em especial, as artes cênicas.

O filme que tem Nanda Costa, Rodrigo Pandolfo, Leticia Bataella, José Celso Martinez, Cassia Kis, dentre outros, tem um enfoque bastante interessante.

Vinte e oito experientes e iniciantes são acompanhados durante sua trajetória profissional afastada de qualquer glamour ou reconhecimento público pelo trabalho que fazem.

Um retrato real de como é ser ator no Brasil.

Um documentário muito interessante!

Peça de teatro : Os Guardas do Taj

Meu coração ficou dividido.

Janeiro começou com TANTA opção no teatro que é uma covardia ter que escolher uma só!

Foi difícil mas, pra mim, pelo conjunto da obra, “Os Guerreiros do Taj” leva uma ligeira vantagem sobre a irretocável peça “Um Bonde Chamado Desejo

E esta escolha não é nada fácil, uma vez que eu sou vidrada na peça de Tenesse Willians.

Meu critério foi – Um Bonde é uma reestreia, já o Taj é uma estreia.

Mas se puderem, vejam as duas…coloquem aí as peças “Céus” e “A Visita da Velha Senhora” também!

Mas vamos ao “Os Guardas do Taj“.

Dois guardas imperiais fazem a vigilia do Taj Mahal antes da sua inauguração.

Com personalidades completamente distintas, estes dois amigos vão fazendo reflexões sobre vontades e obediência, no mesmo momento em que as consequências sobre suas escolhas vão surgindo a cada atitude tomada.

A peça é de uma atualidade incontestável e é impossível sair dela sem refletir sobre o nosso dia a dia. Escrevi mais sobre a peça aqui, ó!

Minha Reflexão!!

A autor da peça é o americano Rajiv Joseph e já foi encenada em vários palcos do mundo, sendo que na montagem brasileira os atores destoam muito  dos atores americanos e ingleses, por exemplo.

Por lá, o elenco era constituído por atores de descendência indiana. Já na montagem brasileira, estamos diante de dois figurões e galãs globais.

Pois é, tenho pra mim que se a peça não tivesse tamanha produção, o público não frequentaria.

Coisas de Brasil

Mas, justiça seja feita, Reinaldo Gianecchini e Ricardo Tozzi estão ótimos em cena!

Festa de Pré Carnaval

Esta é nova!

Mas coloquei aqui porque eu fui em várias e, caso você não as conheça, vale a pena ir em uma, ao menos!

Eu fui no Bloco do Casa Comigo, no Tarado ni Você e num pré Carnaval da Casa 92 (uma gracinha, cheia de marchinhas).

Festa Tarado ni Você no Teatro Oficina

A minha preferida foi: Tarado ni Você no teatro Oficina. O bloco toca as músicas do Caetano Veloso em forma de marchinhas de Carnaval.

Acho que não preciso me prolongar muito…Quem já foi ao teatro Oficina sabe do que estou falando.

A imponência do lugar, o respeito ao teatro, as janelas que NÃO PODEM ser encasteladas por prédios sem sentido, recebeu uma festa maravilhosamente profana.

Eu no Oficina

Cheia de alegria, músicas de Caetano e muita purpurina.

O bloco Tarado ni Você sai no carnaval lá no centro, na esquina da Ipiranga com a São João – Se você não entende esta referência, dá um google urgente e ouça o hino de São Paulo feito pelo baiano mais arretado da música brasileira. Hehehehe

Bom, terá uma outra apresentação do Tarado na Casa Natura, antes deles saírem pelas ruas de São Paulo.

Vamos?

Beijos, gente! E bom carnaval pra nós!

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados