Tati Aponte

A primeira grande exposição de Toulouse-Lautrec no Brasil

Aconteceu ontem a abertura da exposição Toulouse-Lautrec em vermelho no MASP e eu, que estava ansiosa demais para ver as pinturas do conhecido pintor francês, participei desta noite mais que agradável.

Acho que o que deixa a exposição mais charmosa é que ela acontece no MASP (Museu de Artes de São Paulo Assis Chateubriand)  localizado na Avenida Paulista. A Paulista, que possui sua importância no mundo financeiro e dos negócios, é também a que abraça as manifestações culturais e turísticas da cidade. A edificação moderna do museu contrastou, de maneira elegante, com as obras pré impressionistas de Lautrec.

Menção mais que importante a se fazer é que a exposição toda foi viabilizada com patrocínio exclusivo do escritório Pinheiro Neto Advogados. Outros escritórios poderiam se inspirar em ações semelhantes, né? A cidade agradeceria! Fica a dica, pessoal!

Sobre o pintor, sabemos que Lautrec era uma figura peculiar. Uma das primeiras vezes que ouvi sobre ele foi na música “Canção de Pedroca” do Chico Buarque. A letra tem uma parte assim: “Eu canto um samba de breque com Maurice Chevalier, bebo com Toulouse Lautrec no bar do Canxiguelê”, quando fui a Paris pela primeira vez eu cantarolava pra lá e pra cá esta música, hehehe.

A escola que estudei também mostrou algumas obras do pintor quando foram explicar a mudança artística durante a Revolução Industrial, mas nada com muita profundidade, não.

Depois, obviamente, vi o pintor no filme “Moulin Rouge”, aquela versão conhecidíssima com a Nicole Kidman. Toulouse Lautrec também está presente no filme e não poderia ser diferente, já que ele tinha profunda empatia com a vida boemia parisiense e foi frequentador assíduo dos cabarés do bairro de Montmatre, em especial do Moulin Rouge, local que tinha assento cativo e suas obras eram expostas por lá.

Toulouse-Lautrec não pintava apenas a vida boemia de Montmatre, ele também fazia cartazes promocionais de cabarés e teatros, uma atividade que revolucionou a publicidade do século XIX. Na exposição do MASP esta exposto o cartaz original “Moulin Rouge – La Goulue” e a obra foi uma das mais apreciadas pelos frequentadores durante a noite de abertura da exposição.

Outra coisa bemmm interessante é que a exposição traz cenas interiores das maisons closes, como eram chamados os bordéis da época, com suas trabalhadoras em momentos de descanso e intimidade, em seus afazeres cotidianos.

Em torno do tema da sexualidade, a mostra conta  com 75 obras, entre pinturas, cartazes e gravuras, que estão entre as mais emblemáticas do artista.

Se eu recomendo? Muito! Vale a pena visitar esta exposição sim! E se der, quando sair de lá aproveite o clima vá comer no La Tartine, um restaurante francês que não é meeeeega caro, tampouco cheio de firulas. É uma delícia, super tranquilo, no maior estilo Montmatre de viver.

Abaixo, uma prévia das obras que estarão expostas no MASP até o 1º de outubro! Não perca a oportunidade, hein?

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

TOULOUSE-LAUTREC EM VERMELHO

 

Abertura: 29 de junho, 20h

Data: 30 de junho a 1 de outubro de 2017

Local: 1º andar

Endereço: Avenida Paulista, 1578, São Paulo, SP

Telefone: (11) 3149-5959

Horários: terça a domingo: das 10h às 18h (bilheteria aberta até as 17h30); quinta-feira: das 10h às 20h (bilheteria até 19h30)

Ingressos: R$30,00 (entrada); R$15,00 (meia-entrada)

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 Comentários:
  1. Laiane Espósito

    Pena que eu moro no interior, Porque se não eu ia. Eu só conhecia algumas das obras dele e aqui pude conhecê-lo mais um pouco. Amei seu blog. Parabéns pelo post e sucesso para você.

  2. Edmille

    Não sabia dessa exposição, achei bem impactante e interessante. Infelizmente, não moro por lá pra comparecer a essa exposição =( (um dia quem sabe, né?)

    Beijos,
    http://www.littlesecretsblog.com

  3. Luana

    Acho que esse tipo de arte deveria ser mais divulgado para que todos pudessem admirar. Sou do Rio mas se morasse em SP certeza que eu iria. Parabéns pelo post, ficou lindo! Sucesso.

  4. Beatriz Ribeiro

    Que bom trouxe esse post para nós, quem não mora na cidade conseguiu ver um pouco das belíssimas obras que foram exibidas, gostei do fato de o artista ter pintado também cartazes promocionais.

  5. Aparecida

    Arte é vida né?! Amei o post, ainda mais por poder conhecer coisas novas! Eu já havia ouvido falar, mas superficialmente. Seu post foi bem enriquecedor! Um pena não ter essa exposição aqui no Rio de Janeiro.

  6. Daiana Fant

    Que coisa mais linda é te ver falando sobre artes, Tati! Sempre me deixa morrendo de vontade de ir conhecer e eu que to sempre pela Paulista não vou perder essa oportunidade de ir até ao MASP ver essa exposição que parece estar de arrasar! Peguei a dica de onde comer também, rs. Amei!

  7. MICHELLE RUSSO

    Confesso que não conhecia as obras, gostei bastante apesar de ter muito contato com esse tipo de trabalho.

  8. Gabriel Moreira

    Muito interessante essa exposição.. pena que fica daqui kk..

  9. Garotas Enxaqueca

    Poxa, pena que não moro em SP.
    Achei sensacional essa exposição. Aqui em Curitiba sempre tem também no Museu do Olho. Quando vier pra cá não deixe de conhecer

  10. Júlia Lima de Almeida

    São Paulo como sempre, acontecendo tudo de bom e eu aqui no Rio, sempre por fora dessas exposições maravilhosas. Espero um dia conseguir conhecer!
    Parabéns pelo excelente post, sucesso, linda!

  11. Lucimar da Silva Moreira

    Que bacana a exposição é muito gratificante conhecer obras de artes dos pintores. A exposição é um ótimo programa pra fazer, quem mora aí em São Paulo não pode perder essa oportunidade de ir a exposição. Lindas as obras, bjs.

  12. Thatiane

    Não conhecia esse pintor até agora me interesse por ele e as obras são lindas.
    Beijos da Tati

  13. Cleidiane (Dianny Silva)

    Muito linda as pinturas, parabéns ao patrocinador. Uma pena eu morar tão longe e não poder prestigiar essas belezas de perto. Mas enfim, com o seu post da apreciar um pouco. um super beijo

  14. Ingrid

    Uauuu! Você arrasou nessa exposição ! Fiquei com muita vontade de ir, pena que moro no Rio de Janeiro

  15. Beatriz

    Exposição maravilhosa, e ainda pertinho de casa ❤ São Paulo realmente é incrível hahah. Já quero visitar.

  16. Dandara

    Nossa que sensacional, achei as obras bem íntimas e passam um certo entendimento do pintor. Achei suas fotos lindas !

  17. Teofilo Tostes Daniel

    Uau! Tenho que ir nessa exposição!! Apesar de morar há dez anos em São Paulo e trabalhar a duas quadras da Paulista, eu nunca entrei no MASP. Sempre estou aguardando para saber se o quadro de um dos pintores que mais gosto (Hyeronimus Bosch), chamado “As Tentações de Santo Antão” (uma versão B da que está em Madri), que faz parte do acervo, estará em exposição. Mas acho que vou me desapegar disso… rs
    Aliás, não conhecia essa música do Chico Buarque (é raro eu encontrar uma música dele que eu não conheça!).
    Beijos!

Posts relacionados