Tati Aponte

“Meus 15 Anos” – Larissa Manoela cativa com a excluída Bia

Há duas semanas o filme aqui do meu blog foi o longa metragem protagonizado pela atriz Larissa Manoela de nome “Meus 15 Anos“, produção da Paris Filmes em parceria com o SBT e Televisa.

“Meus 15 Anos” é um típico filme adolescente cheio de clichês. Se eu fosse comparar com o que foi um dia “Confissões de Adolescente” eu diria que o filme é bem, mas bem bobo. Porém é um bobo fofo.

E porque devemos ver m filme “bobo fofo”? Bom, primeiro porque a gente tem uma lacuna audiovisual em filmes brasileiros destinado ao público adolescente, então se é o que temos, bora lá prestigiar.

Outra coisa é que muito da fofura deste filme vem pela atuação da Larissa Manoela. Este post está sendo reescrito, pois eu avaliei melhor minha postura no post anterior.

Explico: Quando eu estava escrevendo o post pela primeira vez ele ficou INTEIRO falando da Larissa…Daí eu percebi que falei muito pouco do filme, apaguei tudo e escrevi aquele post anterior.

Mas fiquei inquieta, o post não mostrara aquilo que eu queria…Até dormi mal eu dormi, gente.

Daí decidi reescrever – acho que agora vou conseguir passar melhor o que eu senti do filme.

Você pode trocar a Larissa Manoela da vida real pela Bia de “Meus 15 Anos”!

Uma das primeiras coisas que eu gostei foi que o filme trouxe foi a Larissa sem os mil quilos de maquiagem que ela geralmente usa. O rosto dela é tão bonito natural que, certamente, deixou a atuação da menina excluída mais convincente.

Sei que muitas mães se incomodam com a Larissa, pois ela é  “adultizada” demais para sua idade, ao mesmo tempo que é adorada por várias meninas novas. Na sessão do cinema que eu fui a quantidade de menina de uns 8 até uns 12 anos era BEM considerável.

Se você é uma destas pessoas que tem na família alguém que gosta da Larissa Manoela mas você não curte tanto assim a atriz, agora você tem a oportunidade de levar sua filha, sobrinha, priminha, etc e mostrar que a menina pode ser bonita sem se maquiar no salão 1838 com 14 anos de idade,né?

Quando a menina falar “eu quero ser igual a Larissa Manoela“, vc já pega a foto dela no filme e fala “também acho que assim você ficaria linda!”. Pronto, fim da discussão!

Fora isso, temas como conflitos de personalidade são bem trabalhadinhos no filme. Não tem nada mais 15 anos do que isso!  Eita idade pra concentrar todos os nossas neuras, não é mesmo?

Larissa Manoela em "Meus 15 Anos"Larissa Manoela é Bia, aquela menina invisível que estuda no mesmo colégio a vida toda. Ela tem uma amiga, a Jéssica (Clara Caldas), que é aquela boa bisca que todo mundo conhece. A menina que se torna popular e vira a cara para os nerds, mas quando precisa da “amiga” pra fazer alguns trabalhos e tirar nota para passar de ano, corre atrás da Bia, que como toda pessoa insegura, não consegue se impor e dizer não.

Beatriz foi criada apenas pelo seu pai (Rafael Infante) e é dele a ideia de inscrevê-la no concurso do shopping que dará à vencedora uma festa de 15 anos do sonhos.

Só que Bia já havia deixado claro que não queria festa nenhuma, afinal, como ela não tem amigos e não é popular a festa seria um fracasso por ficar vazia, e isso só ajudaria o seu “suicídio social”.

Claaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaro que ela quem ganha a festa,né? E a partir daí toda a escola resolve ser amiga da Bia pra poder ir à festa do ano, no lugar mais chique da cidade, com comida e doces de primeira, vestidos de estilistas famosos e show da Anitta. Todo mundo mesmo, inclusive o bonitão topzera do terceiro colegial.

Então começa a trama em cima da festa e dos interesses que o evento desperta no pessoal do colégio. Particularmente, eu sempre achei brega festa de 15 anos, mas lembro que algumas meninas do colégio que eu estudei fizeram baile de debutante e mesmo achando brega, não perdi nenhuma para contar história.

Então, festas de 15 anos, ainda que a gente não faça por não gostar, tem sua relevância na adolescência brasileira.

A lição de moral do filme é bonitinha: “não deixe de ser você para agradar os outros”. Clichê mas que harmoniza perfeitamente com o filme.

Por que assistir ao Meus 15 anos?

Do que eu mais gostei? Da cena do Bruno (Daniel Peixoto) cantando “I’m Yours” do Jason Mraz. O menino canta bem, viu? Até comecei a seguir ele no insta depois do filme… A cena é muito fofa! Também gostei das piadas da Polly Marinho e do Victor Menyel. Eu juro pra vocês que eu ri muito em algumas cenas  do filme.

Por que NÃO assistir ao Meus 15 anos?

Do que não gostei? Apesar de ter ADORADO o ator Victor Menyel e de rir em todas as cenas que ele apareceu, achei um atraso retratar um gay tão estereotipado. Sei lá, podíamos tentar achar aí uma alternativa pra retratar personagens gays engraçados sem cair no chavão. Acho que a comunidade LGBT agradeceria. PS: sei que ele é um youtuber e que o natural dele é ser do jeito que é no filme, mas vamos lá, produtores…Nada mais preguiçoso do que encher de youtubers em filmes,não? Apenas melhorem.

O filme é bem feitinho, os cenários são bem construídos, os figurinos estão ok, as cores do filme são tão pastéis,  tão rosa bebê, roxo, amarelo e azul que parece que estamos vivendo em um cupcake gigante, mas tudo orna perfeitamente com a história, com a trilha, com as conversas entre amigos e pai e filha.

Em defesa da Larissa Manoela como atriz, tenho que dar minha mão à palmatória e concordar que ela é uma boa.

Os recursos dramáticos que ela têm são na medida que o filme exige – ok galera, sei que não precisa de muita coisa, a menina não faz uma personagem que tem uma doença terminal – mas ela é boa sim, podem bater o pé e chiar, mas a menina chegou pra ficar. Ainda vamos ouvir muito dela, tenham certeza.

No geral, eu gostei sim do filme. Aborda temas complexos mas não é nenhum 13 reasons why, que é super pesado, mas dá pra entender um pouco as aflições que alguns adolescentes passam nas escolas hoje em dia.

Quem já é mãe e tem filhotas grandinhas, levem para assistir! Levem sobrinhas, priminhas, acompanhe a amiga que já tem filha, certamente não vão se arrepender.

E quem quer ir porque tem curiosidade, vá!

Ah gente, sei que tem muita gente preocupada com cenas inadequadas – é que eu acho bem estranho falar assim, mas vamos lá, o filme tem algumas cenas de beijo de língua – talvez cause desconforto em quem tem filha muito pequena. Não se esqueçam que, ainda ainda que seja um filme de censura livre ele é destinado ao público adolescente, então é claro que temas desta faixa etária serão abordados.

Boa sessão pra quem for!  Beijos!

Escrito em 11 de julho de 2017

Editado em 13 de julho de 2017


Meus 15 Anos

Direção: Caroline Fioratti
Roteiro: Caroline Fioratti, Clara Deák, Luiza Trigo, Marcelo Andrade e Mirna Nogueira
Elenco: Larissa Manoela, Anitta, Lorena Queiroz, Heslaine Vieira, Priscila Marinho, Rafael Infante, Bruno Peixoto, Daniel Botelho, Clara Caldas, Bruna Tatar, Rafael Awi, Pyong Lee, Bruna Tatar e Victor Meyniel
Gênero: Comédia, Drama
Ano: 2017
Duração: 103 minutos

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 Comentários:
  1. Simone Benvindo

    Ainda não assisti, mas quando li sobre o filme já pensei na minha irmã. Ela é fã da Larissa. Vou assistir com ela. Beijos
    Charme-se

  2. Bruna

    Vi o trailer e adorei mas acabei não assistindo ainda mas bem lembrado vou aproveitar para assistir…Adorei sua resenha sobre o filme

  3. Kelly Silva Prado

    Saudações! Adorei tua narrativa! Me cativou! Mesmo na maioria das vezes só me interessando por filmes de suspense e terror, me senti inclinada a vê-lo. É de um alívio sem tamanho saber que as produções nacionais não abrem mão da qualidade, mesmo em uma produção comercial! Parabéns pelo blog, é lindo! Abraços! Muita Paz!

  4. Analia Menezes

    Não gosto muito de filmes infantis brasileiros, mas confesso que assisto sim, mas em casa. haha
    Sua resenha é boa, vou indicar para as minhas primas que amam a larissa.
    beijos

  5. Josy Souza

    Olá! Adorei sua classificação como “bobo fofo” hahaha eu imagino que seja bem isso mesmo. Eu gosto muito de histórias juvenis, mas esse não me chama muita atenção, infelizmente. Mas assistiria se tivesse a oportunidade.
    Beijos

  6. Jaqueline Reis

    Oii
    Meu sobrinho adora a Larissa Manoela e ta doido pra assistir,adorei sua dica e vou leva-lo pra ver logo logo
    Adorei
    bjs

  7. Rodrigo Silva

    Eu não vi o filme.Confesso que a temática não me atrai, mas é muito bom receber a informação sobre o filme através de seu texto.
    Parabéns

  8. Karoline Lima

    Oiiii. Não acompanho os trabalhos da Larissa Manoela, então ainda não a vi atuando.
    Não é o tipo de filme que eu sairia de casa para assistir, por mais engraçado que seja, mas se eu ver algum dia passar em algum canal, até irei arriscar assistir.

  9. Priscila Ventura

    Ainda não assisti, mas pretendo ver com minhas filhas.
    Amei sua resenha do filme, ela fez com que aumentasse a vontade de assistir, bjs.

    • tatiaponte

      Pri, reescrevi o post. vc que tem filha, modéstia a parte, acho que deveria ler meu post novamente. Talvez você se identifique. Um beijo!

  10. Mari

    Parece ser um filme bem bobinho, acho legal para sessão da tarde mas não para ver no cinema…
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

  11. Suelane Pereira

    Assistir ontem com minha sobrinha e ela adorou, confesso que eu tava meio que sem vontade de assistir pense que seria uma baboseira, mas foi bem legal. E tbm recomendo.

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

  12. Alice Martins

    Olá, tudo bem?

    Eu vi o trailer desse filme e não sabia se valia a pena assistir ou não. Apesar de gostar de filmes bobos fofos, o fato de ver a Larissa como uma adulta me faz ficar receosa. Depois da sua resenha acho que darei uma chance a atriz, pois o filme parece ser bem legalzinho. Vou assistir, assim espero!!!

    Beijos!

  13. Lukas Reis

    Eu sou apaixonado pelos livros da Lully, inclusive tive duas sortes na vida em ralação aos meus 15 anos. Primeiro, comprei o livro diretamente com a Lully e ele veio autografado <3 e segundo, fui na pré estreia do filme junto com ela, lá em SP <3 aaaa
    Então, não preciso nem dizer o quanto eu amo né!
    Seu post ficou mara, você escreve muito bem <3

  14. Amanda

    Olá! Achei bem interessante a sua crítica, bem construída e completinha. Não me ligo muito em artistas então nem estou por dentro dessa questão meio polêmica da Larissa Manoela. Aliás nem sabia que ela era a atriz do filme, rs. Também não é um tema que me atraia muito. Mas gostei dos pontos que você tocou.

  15. Janiele Silva

    Oieee, creio que o filme seja bem pertinente para a garotada dessa idade, mas quase chegando nos 30 não me interessa muito hahaha,e também não gosto muito da atriz, mas enfim obrigada por partilhar sua opinião.

  16. Claudirene

    Oii estou com vontade de assistir o filme com certeza deve ser super clichê mas são poucos qcnao são KKK
    Gostei da resenha

  17. raquel Liliane

    Quero muito ver esse filme , ainda não tive a oportunidade de assistir.

Posts relacionados