Tati Aponte

Tati Recomenda: dicas culturais do mês de Setembro

Então lá vamos nós, Setembro terminou e faltam 3 meses para nos despedirmos de 2017!

E foi um mês cheio de novidades pra mim, é verdade!

Tantos planos em andamento que eu tive que me dividir em mil pra poder conferir o que existe de interessante aqui em São Paulo.

Pena que não consegui ver muitas peças teatrais, é verdade…Um dos projetos que estão em andamento diz respeito ao teatro e eu fiquei mais com os produtores do que vendo as peças que estão em cartaz.

Para o cinema nacional o mês também não foi tão legal como foi Agosto, que teve vários títulos bons.

Mas consegui extrair algumas sugestões legais, pessoal.

O que a Tati Recomenda?

Cinema: Deserto

Tivemos cinco filmes lançados este mês:

E Deserto foi o meu eleito neste mês. Que filme LINDO!

Verdade que acabei nem fazendo resenha, condenem-me!

O filme é a primeira experiência do ator Guilherme Weber como diretor.

Pessoal, vamos lá: Trata-se de um filme de arte! Filme poético, não é filme comercial, não tem assuntos abordados em filmes de costume, tá?

Uma trupe teatral que anda pelo sertão brasileiro, cansada da falta de todos os recursos que já conhecemos (água, comida, luz) e, PRINCIPALMENTE, pela falta de público, resolve parar com a andança para se estabelecer em um local e fundar uma nova sociedade,

Os membros deliberam que para a sociedade ter sucesso as funções deveriam ser divididas entre os membros.

O sorteio de papeis dá às mulheres as funções nobres como médica, cozinheira e caçadora. Os homens ficam com as funções de padre, militar, puta e negro, definido comoaquele que faz as coisas que ninguém quer fazer“.

Outras questões existenciais são abordadas no longa, como a função transformadora da arte e os fundamentos de uma sociedade.

Um filme bem bonito com um elenco formidável: Lima Duarte, Magali Biff, Cida Moreira, Everaldo Pontes, Pietra Pan, Fernando Teixeira.

Pode ir sem medo de ser feliz!

Teatro: Morte Acidental de um Anarquista

Morte Acidental de um Anarquista é uma  comédia deliciosa, que fala dos nossos problemas políticos atuais com leveza e sem ser panfletária.

A peça tem como protagonista o ator Dan Stulbach e só por ele já vale o programa.

A peça é hilária! Você vai rir do começo ao fim da peça e terá o prazer imenso de ver o ator e grande elenco em uma atuação memorável!

Falei mais do espetáculo aqui neste post.

Exposição: Corpo a Corpo o Instituto Moreira Salles

Que mês complicado para algumas exposições,não?

Só queria dizer que sou RADICALMENTE contra qualquer tipo de vandalismo.

Quebrar, pichar e ameaçar colocar fogo em um museu não é minimamente aceitável…Incitar o ódio e fomentar o escândalo não resolve qualquer tipo de situação, apenas acentua o preconceito e a ignorância.

Pois bem.

Minha exposição escolhida foi a Corpo a Corpo, que está em cartaz no segundo andar do recém inaugurado Instituto Moreira Salles.

São 4 exposições que tem como tema o uso do corpo como um elemento de representação social e atuação política.

Das 4 exposições que compõe Corpo a Corpo as principais e mais curiosas são:

  1. O coletivo Mídia Ninja apresenta a obra #Ao vivo, com monitores distribuídos pelo espaço expositivo que exibirão as transmissões feitas ao vivo pelo grupo entre 2013 e 2017, além de transmissões realmente ao vivo com o que acontecer no país durante o período em que a mostra estiver em cartaz.
  2. A nova instalação A máscara, o gesto, o papel, da artista Sofia Borges, é o resultado de uma viagem feita a Brasília em fevereiro de 2017, a convite da curadoria, no momento em que a atuação parlamentar ganhava peso na disputa política.

Bem, pessoal! Foi tudo isso aí que eu adorei ter visto.

Até o mês que vem!

Beijos!!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados