Tati Aponte

Cinderela Pop comprova que não há limite para quem sonha!

*por Gabriela Almeida

Com estréia marcada para o próximo dia 28 (quinta-feira), o filme dirigido por Bruno Garotti e inspirado no livro de Paula Pimenta –  é estrelado por Maisa, que vem acompanhada de um timaço de atores e atrizes!

Entre eles Fernanda Paes Leme, Filipe Bragança, Marcelo Valle, Sérgio Malheiros, Giovana Grigio e Letícia Pedro (DPA).

Cinderela Pop mostra a evolução do cinema juvenil brasileiro

Ainda hoje, há quem diga que a produção cinematográfica no Brasil é carente quando trata-se de filmes adolescentes ou infanto-juvenis.

Verdade ou não, o que podemos afirmar sobre “Cinderela Pop” é que, apesar de não ser uma superprodução ou ter um roteiro completamente original, o filme não deve nada aos sucessos americanos do início dos anos 2000 como “Sexta-feira Muito Louca” (2003) ou “A Nova Cinderela” (2004).

Pois é!

A história da princesa que perde o sapatinho mas encontra o amor ganhou uma nova versão… Vamos conhecê-la?

Do que se trata Cinderela Pop?

A história gira em torno de Cintia (Maisa), uma menina sonhadora, descolada, inteligente e muito independente.

Após a separação dos pais por um motivo bem ruim, Cíntia deixa de acreditar no amor

Mas é óbvio que isso não é pra sempre! A garota mantem-se assim até conhecer Fredy Prince (Filipe Bragança), um músico famoso nas redes sociais por quem todas as garotas são apaixonadas

Todas menos Cíntia, é claro!

Porém, após encontrar o jovem músico de maneira inusitada, o sentimento da garota começa a tomar um rumo diferente…

Assim como a trama….

Cinderela Pop mescla o clássico com questões muito atuais.

 Cíntia também sofre resistência de seu pai (Marcelo Valle), que não apoia a filha em seu sonho. Ela quer ser DJ e estudar produção musical em Londres

Assim, o filme aborda o tema “pais abusivos” que querem para os filhos apenas o que acreditam ser “bom” dentro de suas convicções.

O mesmo se repete com a personagem da madrasta (Fê Paes Leme) que, como no conto da Cinderela, deseja que suas filhas gêmeas encontrem namorados ricos, famosos e tirem proveito de determinadas situações.

Estes são uns dos motivos pelo qual o filme também vale a pena ser assistido por adultos.

Por fim, o conto de fadas acaba sendo sobre paixões, desilusões, amor próprio, sobre medo de sentir algo por alguém, se permitir sentir isso e sobre reconhecer a importância de si mesmo, principalmente quando se é adolescente.

Além do romance de Cintia e Fredy Prince, existem alguns outros paralelos que dão desenvolvimento ao longa.

Personagens como de sua mãe, tia e sua melhor amiga ajudam a entender questões que vão além do amor romântico.

A presença da mulher é muito forte na história e talvez por isso temas como independência e sororidade são bastante destacados.

O filme é atual por falar bastante de redes sociais e uso excessivo de aparelhos eletrônicos, além de divertido e fofo.

Traz personagens engraçados e muito bem caracterizados por suas personalidades, traz também o clichê de “o bem vence o mal”, mas traz principalmente reflexões muito importantes em termos de sociedade, família, amizade e autoconhecimento.

Porém, tudo é abordado de forma leve e com linguagem infanto-juvenil.

Vale a pena!

Summary
Review Date
Reviewed Item
Cinderela Pop
Author Rating
41star1star1star1stargray

COMPARTILHE

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados