Tati Aponte

Toy Story 4 : Um filme sobre seu lugar no mundo

*também publicado no site Blahzinga

Para muitos a decisão de fazer uma continuação de Toy Story parecia arriscada.

Afinal, o que um novo filme poderia dizer que as outras 3 versões não haviam contado?

O último filme da franquia parecia ter encerrado as aventuras de Woody e seus amigos, mas a Pixar não quis dar o braço a torcer!

E com uma equipe robusta de roteiristas, entregou uma bela história aos fãs de Woody, Buzz, Jessie, Rex, Porquinho, Cabeça de Batata, entre outros.

DO QUE SE TRATA TOY STORY 4?

Quem viu o filme anterior, lembra que ele termina com a doação dos brinquedos de Andy para a menina Bonnie.

Então, Toy Story 4 começa com todos os brinquedos dentro do armário da menina aguardando a limpeza do quarto acabar para começarem a brincar.

Acontece que a pequena gosta de brincar com todos eles, menos com o Woody, que fica muito abalado por ser sempre preterido nas brincadeiras.

Na tentativa de ser especial e ajudar Bonnie nos primeiros dias da escola, ele se infiltra na mochila da menina para ajudá-la em sua adaptação, entretanto, em uma atividade lúdica, a garotinha usa alguns materiais reciclados e faz seu próprio brinquedo: o “Garfinho”.

Bonnie cai de amores pelo seu novo “brinquedo” e quer tê-lo por perto em todos os momentos, inclusive em uma viagem que fará com sua família.

Garfinho, por outro lado, não entende que é um brinquedo.

Por pensar que é um lixo, ele vive querendo voltar para o cesto.

Woody, então, aproveita uma viagem de motorhome da menina para explicar para seu novo companheiro a importância e a sorte que ele tem por ser o brinquedo preferido da garota.

Durante a viagem, a pastora Bete (que estava presente no primeiro filme da franquia) atravessará o caminho de Woody e sua trupe.

O desaparecimento da personagem é explicado em um flashback muito bem feito. Assim, o público entende como ela sumiu por esses anos todos.

UMA JORNADA DENTRO DE SI

O fio condutor de Toy Story 4 é mostrar a busca existencial de Woody, que perde seu papel de liderança como o brinquedo preferido de Bonnie. 

Desde o primeiro filme, ele sempre foi o brinquedo mais dedicado à sua criança, aquele que faz de tudo para ser o melhor amigo de quem o escolheu.

Quando Woody perde esta condição, se vê em um dilema que nunca enfrentou, afinal ele poderá inventar uma nova vida e pensar em si mesmo antes dos outros?

É uma aventura interna que vamos desenvolvendo junto com o protagonista. Além disso, o medo e angústia que Woody vai enfrentando são permeados por histórias realmente cômicas de personagens extraordinários, como o seu velho amigo Buzz ou a dupla Coelhinho e Patinho, que estava no parque de diversões.

Em suma, Toy Story 4 é um entretenimento de alta qualidade visual, agitado, com um excelente roteiro e muito tocante nos seus minutos finais.

Talvez menos icônico e tocante que seu antecessor, mas não deixa de ser menos sucedido e ousado.

Vale a pena!

 

::: FICHA TÉCNICA

Título original: Toy Story 4
Direção: John Lasseter, Josh Cooley
Roteiro: Rashida Jones, Will McCormack
Elenco: Tom Hanks, Patricia Arquette (vozes originais)
Distribuição: Disney
Data de estreia: qui, 20/06/19
País: Estados Unidos
Gênero: animação
Ano de produção: 2017
Duração: 90 minutos
Classificação: Livre

COMPARTILHE

Os comentários estão fechados.

Posts relacionados